L O A D I N G

Qual a diferença entre vida eterna e vida após a morte?

Fala-se muito em vida eterna e vida após a morte. Mas qual é efetivamente a diferença entre elas?

Vida após a morte

A Igreja nos ensina que, após morrermos, passaremos por dois juízos. Um deles é o juízo final, que se dará no fim dos tempos, quando Cristo finalmente voltar. O outro é o juízo particular, pelo qual cada um passa logo após falecer: “está determinado que os homens morram uma só vez, e logo em seguida vem o juízo” (Hb 9,27). São Paulo detalha a explicação na segunda carta aos coríntios: “teremos de comparecer diante do tribunal de Cristo. Ali cada um receberá o que mereceu, conforme o bem ou o mal que tiver feito enquanto estava no corpo.” (2 Cor 5, 10). 

Ou seja, após a morte, podemos, conforme o que tivermos feito em nossa vida terrena, receber o prêmio do céu, sermos enviados ao purgatório para continuarmos nossa purificação e podermos gozar da comunhão com Deus, ou receber o castigo da destinação ao inferno. 

Vida eterna

Como o nome diz, vida eterna é aquela que não termina, que dura toda a eternidade. Ela começa ainda aqui na terra, quando somos batizados. Somos alimentados pela vida divina através dos sacramentos ao longo da nossa trajetória terrena. 

Como temos uma alma imortal, criada à imagem e semelhança da de Deus, depois da morte a vida eterna continua, em uma dimensão transformada. É após nossa morte corporal, com o juízo particular, que definiremos que vamos viver o restante da nossa vida eterna.

0 Comments