L O A D I N G

O que fazer com a dor de um noivado interrompido?


Num dia, ele te fazia juras de amor e prometia um “felizes para sempre”. No outro, rompe o noivado e encerra os planos do casamento. Está aí uma situação difícil e extremamente dolorosa. Terminar um relacionamento é sempre difícil. Mas quando isso acontece às vésperas de subir ao altar é ainda mais sofrido e frustrante. Enquanto a dor se aloja no coração, mil dúvidas afligem a alma e a mente. São tantos “por quês” sem resposta… Diante disso, como superar e seguir adiante?

Aceite que não temos controle de tudo

Nem você tem controle do relacionamento nem o outro tem controle dos sentimentos e das circunstâncias em que os encontros e desencontros acontecem. Há coisas que ocorrem contra a nossa vontade e isso faz parte da vida. Embora com sofrimento, precisamos aceitá-las.

Não negue o amor que existiu

Não caia na tentação de achar que foi tudo fingimento. A decisão do seu ex-parceiro de não seguir adiante não anula o valor do que aconteceu e nem significa que não houve amor de verdade. Os momentos que vocês viveram juntos foram verdadeiros e importantes e vão estar para sempre na memória de vocês dois.

Não subestime o sofrimento do outro

Mesmo que a iniciativa de romper tenha sido do parceiro, pode ser que ele (ou ela) também esteja sofrendo e se sentindo culpado. Nunca temos como avaliar o que vai no coração do outro. Por isso, evite brigas e discussões. Elas não vão abrandar a sua dor, só aumentar o sofrimento de ambos.

Ocupe seu tempo

Quando terminamos um relacionamento, a ausência do outro é uma presença constante. Sentimos falta da companhia, dos programas em conjunto e até dos hábitos e manias do noivo ou noiva. Por isso, mantenha-se ocupado. Aproveite para fazer coisas novas ou ir a lugares que você não frequentava antes, dedique-se ao trabalho ou estudo, cerque-se de amigos e familiares. Lembre-se que há muitas outras pessoas que te amam e estão do seu lado.

Perdoe

Guardar rancor não leva ninguém a lugar nenhum. A mágoa nos mata aos poucos. Mire no exemplo de Jesus, que perdoou inúmeras vezes todos aqueles que o decepcionaram e feriram. O perdão sincero tem o poder de apaziguar a alma.

Lembre-se: é possível amar de novo

As situações pelas quais passamos nos fazem crescer e amadurecer. Aprendemos com a perda e a dor nos ensina a valorizar gestos e atitudes nos outros que abrem caminho para um novo amor. Nunca sabemos o que nos aguarda no futuro.

0 Comments