Podemos comungar todo dia? E mais de uma vez ao dia?

Todo domingo, vemos a longa fila que se forma na maioria das igrejas para que os fiéis recebam a Sagrada Eucaristia. Mas será que é permitido comungar todos os dias? E mais de uma vez ao dia? Hoje respondemos a essas duas dúvidas bastante comuns sobre o tema!

Todo domingo, vemos a longa fila que se forma na maioria das igrejas para que os fiéis recebam a Sagrada Eucaristia. Mas será que é permitido comungar todos os dias? E mais de uma vez ao dia? Hoje respondemos a essas duas dúvidas bastante comuns sobre o tema!

Podemos comungar diariamente?

As diretrizes da Igreja nos orientam a comungar pelo menos uma vez por ano, preferencialmente no Tempo da Páscoa: “Todo fiel, depois que recebeu a sagrada Eucaristia pela primeira vez, tem a obrigação de receber a sagrada comunhão ao menos uma vez por ano. Esse preceito deve ser cumprido no período pascal, a não ser que, por justa causa, sejam confortados com a sagrada comunhão como viático” (Direito Canônico, 920).

Mas não há qualquer impedimento para quem queira receber a Eucaristia diariamente. Muito pelo contrário, é recomendado!! No entanto, é preciso lembrar que a recepção da Eucaristia está ligada ao sacramento da Confissão. Quem cometeu um pecado mortal só pode comungar após se confessar. O próprio Jesus nos deixou isso claro: “Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpável do corpo e do sangue do Senhor. Que cada um se examine a si mesmo e, assim, coma desse pão e beba desse cálice. Aquele que o come e o bebe sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação.” (I Coríntios, 11 – 27-29)

Podemos confessar mais de uma vez ao dia?

Sim, mas o máximo permitido é duas vezes, e somente se for durante a Santa Missa. Segundo o Código de Direito Canônico (917) “Quem já recebeu a santíssima Eucaristia pode recebê-la no mesmo dia, somente dentro da celebração eucarística em que participa, salva a prescrição do cânon 921 §2” (perigo de morte).