Mãe: expressão do amor de Deus

O dia das Mãe é uma oportunidade valiosa para refletirmos sobre o papel dessas mulheres, que, a exemplo de Maria, foram escolhidas para espalhar a vida e o amor. Não importa se são mães biológicas, adotivas ou de criação, elas são fonte inesgotável de força, perseverança e dedicação.

Numa missão confiada por Deus, a maternidade é um grande desafio e uma grande responsabilidade, mas também uma graça sem medida, um verdadeiro presente. Em meio às dificuldades impostas pela vida, à insegurança e ao medo de errar, ela cuida e acolhe, assim como a Virgem Santíssima fez com o pequeno Jesus. São o modelo primeiro de perdão, compaixão e abnegação.

É claro que o percurso não é feito somente de flores. Há espinhos, há pedras, há tristeza. As preocupações são muitas e vão, provavelmente, perdurar por toda a vida. Afinal, não há mãe que não se importe com seus filhos. Mas a oração e a presença de Deus são alimentos que encorajam e compelem a seguir adiante, mesmo quando as adversidades são grandes.

Que todas as mães sejam abençoadas e sigam firmes em sua missão de educar e zelar. Que possam ser ferramenta do Pai na construção do Reino e consolidar em suas famílias os ensinamentos de Cristo. Que todos os filhos possam valorizar, amar e respeitar suas mães. Que vejam nela o exemplo e a bondade de Nossa Senhora, que sintam em sua presença uma expressão do amor de Deus.

Feliz Dia das Mães!