Como alcançar o autocontrole que nos livra das tentações?

O inimigo de Deus está a todo o tempo nos tentando. Ele nos joga a isca da ira quando os filhos fazem pirraça, quando aparece aquela repentina e aparentemente incontrolável vontade de se entupir de chocolate, quando bate aquela preguiiiiiça de arrumar a casa. Como você bem sabe, o caminho para combater o pecado são as virtudes, mas como alcançá-las?

A resposta é simples – embora não seja fácil de alcançar: autocontrole. A virtude nasce da consolidação de bons hábitos, que requerem prática e perseverança. Estudos mostram que a formação de hábitos positivos é possível através de três mecanismos.

O primeiro deles é a criação de padrões, coisas que você define como sendo boas e apropriadas. Por exemplo: você deseja ter uma relação afetuosa e não sair por aí gritando com seus filhos por qualquer coisa. A calma na hora de lidar com as crianças é um padrão a ser alcançado.

O segundo passo é manter-se ciente dos seus atos. É muito fácil perdermos as rédeas quando estamos no “piloto automático”, sem prestar atenção ao que fazemos. Quem nunca devorou um baldão de pipoca sem perceber simplesmente porque estava assistindo a um filme enquanto comia?

O terceiro fator, na minha opinião o mais importante, é força de vontade! Sem isso, você vai ficar estatelado o dia inteiro no sofá e não vai nunca limpar sua casa, nem vai começar na academia na segunda-feira, nem vai ter sucesso no controle alimentar, nem vai estabelecer uma rotina saudável com a família. Precisamos dominar nossas vontades frente às tentações.

Agora, acima de tudo isso está a oração. Ela fortalece nosso espírito, nos dá energia para manter os bons propósitos, nos deixa mais tranquilos para “aguentar o tranco”, nos dá serenidade para encarar os fracassos e abre nosso coração para a esperança das novas tentativas. E aí, tá preparado para investir nas virtudes?