A fé não é apenas para os momentos de dificuldade

É natural, quando estarmos com medo, doentes ou em perigo, nos agarrarmos mais à nossa fé. Situações de crise – como a pandemia de Covid-19 que vivemos hoje – são uma grande oportunidade de nos aproximarmos de Deus e de Nossa Senhora, intensificando nossas orações. E isso é ótimo! Eles estão de braços abertos para nos acolher e aconchegar. Mas, atenção! Não vale achar que essa é uma relação passageira. A pandemia, um dia, vai passar, mas nosso amor por Eles não pode ser esquecido.

Quando a vida voltar ao normal, quando você retomar o seu trabalho, quando tiver novamente a agenda atribulada e mil compromissos para cumprir, não pode se esquecer de continuar ao lado da Virgem Santíssima e do Senhor.  Não vai colar a desculpa do “estou tão ocupado, nem tenho tempo pra rezar direito!”.

A verdadeira fé não é aquela que se dá somente nos momentos de dificuldade. Mas a que se consolida no dia a dia, que se constrói passo a passo. Como uma velha amizade, ela se aprofunda com o tempo e com a dedicação. É preciso cuidado e carinho constantes para que essa relação cresça e se fortaleça.

Você pode fazer desta pandemia uma virada na sua vida espiritual. O ínicio de uma caminhada de interiorização e religiosidade. Esta pode ser uma grande chance de se entregar à Deus, sob o manto da Virgem Santíssima. Aproveite!