Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus

O ano está chegando ao fim e, dentro da perspectiva do recomeço, é uma boa hora para o perdão. Para entrar no novo ano com a alma limpa e o coração aliviado, nada melhor do que perdoar – aos outros e a si mesmo – e pedir perdão.

A oração que o Pai nos ensinou já nos diz: “perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido”. O perdão é uma dádiva, tanto para quem dá quanto para quem recebe. Embora pareça um gesto simples, é necessário ter força, coragem e humildade para assumir os erros, vencer o orgulho e desculpar-se genuína e vigorosamente pelas falhas cometidas.

O perdão nos dá a chance de ficarmos cara a cara com o que temos de melhor dentro de nós mesmos. Ele desanuvia nossa alma, nos permitindo a liberdade de seguir em frente renovados, repletos da graça de Deus. Quem não perdoa, não é capaz de continuar amando. O perdão nos livra da mágoa e do rancor, nos enchendo da beleza do Espírito Santo.

Antes de começar 2020, faça sua lista do perdão. Procure todos aqueles com quem você gostaria de se desculpar e, com o coração aberto e sincero, demonstre todo o seu arrependimento. Aceite os seus erros, suas limitações e imperfeições e também perdoe-se. E não esqueça de oferecer o seu perdão aos que, em maior ou menor grau, te entristeceram, feriram ou ofenderam. Siga leve para o ano que está se aproximando!