O significado dos símbolos do Natal

Os símbolos são extremamente importantes porque representam conceitos, sentimentos e objetos, deixando viva em nós a lembrança de tais coisas. Na Igreja Católica eles são amplamente utilizados, inclusive no Advento, quando nos ajudam a mergulhar no mistério da encarnação de Cristo. Hoje, trazemos algum símbolos desse tempo litúrgico e seus significados. Confira!

Presépio
O presépio, que reproduz a cena do nascimento de Cristo, é a representação mais importante ligada ao Natal. O primeiro presépio da história foi montado por São Francisco de Assis na Itália, no século XIII, com uma manjedoura revestida de palha, o menino Jesus, um boi e um burro. A iniciativa se popularizou e os presépios já eram frequentes nas igrejas no século XVI. Posteriormente, passou a adornar também muitas casas.

Coroa (ou grinalda) do Advento
Ela é feita de ramos entrelaçados, formando um círculo, no qual são colocadas 4 grandes velas representando as 4 semanas do Advento. A coroa pode ser posta no altar ou em outros lugares, entre eles as casas dos fiéis. A cada domingo uma vela é acesa, até que as quatro estejam brilhando ao final do período.
As velas nos lembram que Cristo Salvador é a luz do mundo e representam também nossa fé e nossa alegria pela chegada iminente do menino Deus. Sua forma circular, que não tem princípio nem fim, é sinal do amor de Deus que é eterno e também simboliza a união entre Deus e os homens. Os ramos são verdes, da cor da esperança e da vida. A fita que normalmente envolve a coroa simboliza o Amor de Deus que envolve toda criação.

Árvore de Natal

Tradicionalmente, usa-se o pinheiro nas festividades natalinas, pois essa árvore é símbolo de esperança e de vitória da vida contra a morte, já que ela sobrevive até ao rigor do inverno. Além disso, seus ramos apontam sempre para o céu e seu formato triangular remete à Santíssima Trindade. Outros elementos acrescentados à árvore ao longo dos séculos também têm significados especiais. As lâmpadas, por exemplo, fazem referência a Jesus como a Luz Eterna e as bolas simbolizam os frutos do Espírito Santo no coração de cada cristão.

Estrela
Muitas vezes colocada no alto da árvore de Natal, simboliza a Estrela que guiou os Magos que vinham do Oriente para adorar o Senhor.

Presentes

O gesto de distribuir lembranças nesta época nos chama a atenção para o fato de termos ganhado o maior presente de todos: Jesus. Além disso, faz referência aos presentes levados pelos Reis Magos ao menino que dormia na manjedoura em Belém.

Ceia de Natal
A tradição do jantar natalino nos recorda a última ceia de Jesus com os apóstolos, na qual Ele instituiu a Santíssima Eucaristia. Este hábito nos lembra que nossa vida deve estar em torno do Salvador.

Sinos
Usado antigamente para emitir mensagens a distância, especialmente as festivas, representa a boa-nova deste tempo litúrgico: o nascimento do Salvador, que se fez homem para nos libertar do pecado!