O que rezar logo após a Comunhão?

O momento de receber a Hóstia Sagrada é muito especial, pois acolhemos ali o próprio Jesus, feito corpo e sangue. Nos minutos que sucedem a Eucaristia, Cristo está efetivamente em nosso corpo. Por isso, devemos ter grande reverência e respeito nos instantes seguintes.

Na missa, ao fim da Comunhão, são reservados alguns minutos para que os fiéis façam suas orações pessoais. Mas muitos têm dúvidas de como deve ser feita essa prece. A única regra é que seja feita com amor. Fora isso, ela pode ser conduzida de maneira espontânea, com suas próprias palavras, ou seguindo uma oração tradicional.

Este é um momento em que você pode agradecer pelas coisas boas que aconteceram a você, a seus familiares ou amigos ou até mesmo por bençãos recebidas por desconhecidos! Cada bela coisa no mundo ou em nossas vidas merece uma ação de graças! De maneira sincera, diga a Deus o que está sentindo: se está alegre, ansioso, nervoso, triste, apreensivo, esperançoso… Revele seus medos, deixe transparecer seus sonhos. Você também pode pedir para si e para outras pessoas saúde, proteção, luz. Não importa o caminho que sua prece siga, o que vale é a fé dedicada a este momento.

Há uma antiquíssima e linda oração, cuja origem não se sabe ao certo mas que dizem remontar ao século XIII. Foi exaltada por muitos santos e é frequentemente recitada em silêncio pelos fiéis no momento após a Eucaristia:

Alma de Cristo
Alma de Cristo, santificai-me.
Corpo de Cristo, salvai-me.
Sangue de Cristo, inebriai-me.
Água do lado de Cristo, lavai-me.
Paixão de Cristo, confortai-me.
Ó bom Jesus, ouvi-me.
Dentro das vossas chagas, escondei-me.
Não permitais que de Vós me separe.
Do espírito maligno, defendei-me.
Na hora da minha morte, chamai-me.
E mandai-me ir para Vós,
para que vos louve com os vossos santos,
por todos os séculos.
Amém.