Breve manual para lidar com críticas

Ninguém está livre de críticas. Nunca será possível agradar a todos e, mesmo quando temos convicção de que estamos fazendo o que é correto, nossas ações podem não ser aprovadas unanimamente. De maneira gentil e construtiva ou de forma ríspida e grosseira, as críticas virão com certeza.

Nas Fábulas de Esopo…

Há uma história que ilustra bem isso. Um homem ia ao mercado acompanhado de seu filho para vender um burrico. Logo que começaram a andar, foram questionados por um pedestre, que os repreendeu porque o burro seguia sem carga enquanto pai e filho se cansavam a caminhar.

Diante disso, o homem mandou que seu filho subisse no animal. Em seguida, foram criticados por outro cidadão, que achou ruim um rapaz tão jovem andar montado enquanto o velho pai andava a pé. Os dois inverteram suas posições, mas ainda assim foram censurados por duas moças: “Olhe só que sujeito egoísta! Vai no burro e o filhinho a pé, coitado…”. Subiram então os dois no animal. E foram novamente julgados, agora pelo fato de que estavam maltratando o burrico!

Em síntese, não é possível evitar as críticas, o que precisamos é aprender a lidar com elas. A solução não é se comportar como pai e filho fizeram na fábula. Não se pode mudar de postura a cada comentário ou julgamento. Por isso, separamos algumas dicas de como você pode enfrentar situações semelhantes:

Mantenha a calma

Antes de mais nada, mantenha a calma. Nem todas as críticas serão suaves. Hoje em dia, com o avanço das redes sociais, muitas acabam sendo incisivas e até brutais. As palavras têm um grande poder e podem machucar, mas respire fundo e evite responder. As discussões não costumam ser produtivas, especialmente enquanto estamos com raiva. A serenidade é o melhor caminho. Faça a sua prece, acalme o coração e peça a Deus tranquilidade para lidar com o problema.

Confie em você

Segundo, confie em Você! Não se preocupe com a opinião dos outros. Se, antes de tomar uma decisão ou atitude, você refletiu, pesou os prós e os contras e avaliou que essa seria a melhor forma de agir, não se preocupe com o que pensam os demais.

Confie em Deus

E por fim, confie em Deus. Se você está fazendo o seu melhor e suas ações são voltadas a ajudar e beneficiar os outros, não há com o que se preocupar. Deus está de olho e vai cuidar para que tudo se encaminhe da melhor maneira. A justiça divina nunca falha!