No dia da Independência, oremos ao Anjo da Guarda do Brasil

Em 1822, o Brasil tornou-se independente, deixando de ser colônia de Portugal. De lá para cá, passamos por muitas experiências políticas, em diferentes regimes. Desde então, nós, brasileiros, buscamos um caminho para que o país seja uma casa acolhedora para todos.

Hoje, atravessamos um momento de divergências e turbulências. Por isso, mais do que em qualquer outro tempo, precisamos rezar. Vamos dirigir nossas orações para que a paz prevaleça sempre entre as pessoas e que, a despeito das diferenças, reconheçamos o valor de sermos irmãos em Cristo. Que a caridade e a solidariedade estejam acima de quaisquer outros interesses, crendo no poder da providência divina.

Nesta data, peçamos a intercessão do Anjo da Guarda do Brasil, cuja oração registramos aqui:

Santo Anjo do Brasil, vós fostes encarregado pelo Pai Eterno de guardar esta Terra de Santa Cruz e ajudá-la a crescer e desenvolver-se conforme Seus desígnios benevolentes.
Nós cremos no vosso poder junto de Deus e confiamos na vossa prontidão em socorrer-nos. Sede, pois, nosso guia para que cumpramos convosco a nossa missão no mundo.
Ajudai a Igreja no Brasil a anunciar Cristo com franqueza e alegria e penetrar toda a sociedade com o fermento do Evangelho.
Afastai, com a força da Santa Cruz, todos os poderes inimigos que ameaçam o povo brasileiro.
Unimos as nossas preces às vossas. Apresentai-as diante do Trono de Deus, para que, unidas ao sacrifício de Jesus, oferecido diariamente em nossos altares, alcancem aquelas graças que mais precisamos nesta hora de combate espiritual.
E guardai-nos, sempre debaixo do manto protetor de Nossa Senhora Aparecida, nossa Mãe e Rainha, para que permaneçamos fiéis no caminho de Jesus, o único que nos conduz da terra ao Céu. Lá na assembleia de todos os povos, unidos como uma só família de Deus, louvaremos e agradeceremos convosco ao Pai Eterno, com seu Filho e Espírito de Amor, por toda a eternidade.
Amém.