Berthaldo Soares: vida dedicada a Nossa Senhora de Fátima!

Hoje é dia de agradecermos a Deus a vida do fundador da Tarde com Maria, Berthaldo Soares, que está completando 52 anos. O menino que foi curado de uma grave doença através da oração do terço acabou dedicando toda a sua vida à divulgação da mensagem de Nossa Senhora de Fátima.

Ainda adolescente, Berthaldo passou cerca de dois anos enfermo, boa parte deste tempo de cama. Passou por diversos médicos, das mais diferentes especialidades, sem, no entanto, conseguir nenhum diagnóstico específico. Foi a oração do terço feita por sua mãe que trouxe o alívio tão desejado. Já recuperado, ele reuniu um grupo de pessoas em uma tarde de 1987, na praça em frente à Paróquia Nossa Senhora de Copacabana, na Zona Sul do Rio, para rezarem o terço em agradecimento à Virgem Maria.

A emoção daquele momento repercutiu na vida das pessoas a tal ponto que Berthaldo foi movido a repetir o evento nos anos seguintes. A cada encontro, mais gente se unia àquela corrente de oração, que ganhou outras ruas e praças e foi realizada até na Praia de Copacabana. O terço deu sequência a procissões, que chegaram a percorrer, a cada edição, 250 km, número recorde para procissões urbanas no mundo.

A cada ano, Berthaldo sentia mais forte o chamado para seguir com a Tarde com Maria. A essa altura, ele já dedicava boa parte do ano à organização dos eventos. Em 1994, a Tarde com Maria passou a ser celebrada na Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro, a convite do Cardeal Dom Eugenio Sales, e virou um evento oficial da Arquidiocese do Rio de Janeiro. Após anos de evangelização, a Tarde com Maria virou uma associação arquidiocesana de direito público e canônico sem fins lucrativos.

Em 2006, quando Berthaldo e sua esposa, Kenya, estavam em peregrinação ao santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Portugal, comemorando os vinte anos da Tarde com Maria, ele teve a inspiração de construir, na cidade onde nasceu e foi criado, a réplica da Capela das Aparições.

A missão foi árdua. Ele saiu em busca de autorização das autoridades eclesiásticas do Brasil e de Portugal, do consentimento do santuário português e até da anuência do arquiteto responsável pelo alpendre que protege o pequeno templo, José Carlos Loureiro. Com as plantas em mãos, foi preciso conseguir o terreno, obtido junto à Prefeitura do Rio. A terceira batalha foi levantar o dinheiro necessário para o projeto. Em 28 de maio de 2011, após dois anos de obras e de muita luta, a Capela das Aparições do Brasil foi inaugurada.

Hoje, Berthaldo é presidente da Associação Tarde com Maria. Além de cuidar do santuário, promove procissões, conduz visitas das imagens peregrinas de Nossa Senhora, ministra cursos marianos, realiza ofícios e orações do terço. Este ano, junto com Kenya, lançou o livro Fátima, em parceria com a Globo Livro, a mais completa obra publicada no Brasil sobre a mensagem deixada por Nossa Senhora na Cova da Iria e seus desdobramentos. Mas, com certeza, a missão ainda não acabou. A cada dia, é renovado o seu desejo de apresentar a mensagem de Fátima a outras pessoas.