Há 8 anos, Fátima é aqui no Brasil

Há oito anos, foi inaugurada, no Rio de Janeiro, a réplica da Capela das Aparições de Fátima. Erguida no bairro do Recreio, é a única cópia exata da original portuguesa autorizada em todo o mundo. No entanto, o projeto nasceu bem antes, em 2006, quando Berthaldo e Kenya Soares estavam em peregrinação em Portugal, comemorando os vinte anos da Tarde com Maria.

“Foi no local onde a Virgem Santíssima apareceu aos pastorinhos que tive a inspiração de construir, na cidade onde nasci e onde fui criado, a réplica da Capela. Senti muito forte em meu coração esse pedido de Maria. Sabia que não seria fácil, mas o Brasil sempre teve uma ligação muito forte com Nossa Senhora de Fátima e eu sabia que contaria com o apoio e a força d’Ela”, conta Berthaldo.

A missão, de fato, foi árdua. O desafio inicial foi conseguir autorização do Cardeal do Rio de Janeiro e do Bispo de Leiria. Posteriormente a essas autorizações, foi necessário o consentimento do santuário português para a empreitada. Os primeiros contatos em Portugal foram feitos com o Monsenhor Luciano Guerra, então reitor do Santuário de Fátima. Após longas e profundas conversas, Berthaldo teve acesso às plantas da Capelinha. Também foi necessária a permissão do arquiteto responsável pelo alpendre que protege o pequeno templo, José Carlos Loureiro, que consentiu de forma exclusiva à Tarde com Maria as plantas originais que construíram o alpendre da capela em Portugal.

Em seguida, foi preciso conseguir o terreno. A área de 14 mil m² onde hoje está o santuário carioca, é uma concessão da Prefeitura do Rio de Janeiro. Obter o dinheiro necessário para o projeto também não foi fácil, mas a perseverança de Berthaldo levou a uma onda crescente de solidariedade, que levou centenas de pessoas a apoiarem a iniciativa.

Em 28 de maio de 2011, após dois anos de obras, a Capela das Aparições do Brasil era inaugurada. A missa de consagração da igreja e do altar foi presidida pelo arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, e teve como celebrantes também os bispos portugueses Dom Antonio Marto (de Leiria-Fátima), Dom Virgílio Antunes (Reitor do Santuário de Fátima e atual bispo de Coimbra) e Dom Fernando Áreas Rifan (bispo da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney).

A imagem da Virgem que hoje é venerada na Capelinha brasileira foi abençoada no santuário mariano português e é “gêmea” da original. No dia da inauguração, a imagem foi entronizada, após chegar ao Santuário do Rio em um andor enfeitado com rosas brancas e conduzida por oficiais da Marinha, ao som da Banda da Polícia Militar. Mais de cinco mil fiéis receberam Nossa Senhora com aplausos e lágrimas.

“Desde então, trabalhamos intensamente para que o santuário seja um centro de peregrinação e um local para revitalizar continuamente a fé. Temos levado à frente um trabalho de evangelização, com o objetivo de difundir cada vez mais a mensagem de Nossa Senhora de Fátima, que continua tão atual e pertinente”, destaca Berthaldo.