Será que você se porta corretamente na Santa Missa?

A missa é um encontro com Deus. Seja em sinal de respeito ao Senhor e aos irmãos ou seja para seguir corretamente a liturgia, há algumas regras ou posturas a serem adotadas durante a celebração. Algumas são mais óbvias, como não falar ao celular, mas há outras que nem todo mundo conhece. Por isso, listamos algumas orientações para ajudar você neste momento tão especial!

O QUE NÃO FAZER NA MISSA

  • Não chegue atrasado. A missa é a reunião da comunidade para celebrar os Mistérios de Cristo. Lembre-se que Deus está esperando por você e que a Missa inicia com o sinal da cruz e termina com a benção final.  É necessário participar da Missa inteira pois cada parte tem um significado importante e nenhuma deve ser esquecida.
  • Não use roupas inadequadas. Roupas curtas, decotes e até mesmo estampas muito chamativas podem desviar a atenção dos outros fiéis. Lembre-se que o foco deve estar sempre em Deus.
  • Não guarde lugar nos bancos. A casa de Deus está aberta a todos. Não é justo reservar um assento para aqueles que chegarão mais tarde se já há pessoas no templo buscando um local para sentar.
  • Não coma nem beba. Além de ser falta de respeito, já que a Igreja é um local sagrado, para receber a comunhão é necessário fazer o jejum eucarístico (ficar sem comer ou beber nada por uma hora antes da eucaristia). A alimentação está liberada apenas para crianças pequenas ou pessoas com problemas de saúde, mesmo assim dando preferência aos líquidos.
  • Não durma durante a missa. Isto parece básico, mas pode acontecer. Quem nunca chegou exausto à igreja e teve dificuldades de resistir à tentação de fechar os olhos um pouquinho? Para evitar que isso aconteça, o ideal é descansar um pouco antes de ir para a celebração e caso não seja possível, vigiar para não acontecer.
  • Não tire fotos. A missa é um momento de oração e encontro com Deus. É preciso concentrar-se e manter a atenção em Jesus e na liturgia.
  • Não diga Amém depois do Pai Nosso. Durante a missa, a oração do Pai Nosso “não termina”. Ela é continuada pelo padre, ao retomar o último trecho: “Livrai-nos de todos os males, ó Pai e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda de Cristo Salvador”.

O QUE FAZER NA MISSA

  • Cumprimente o dono da casa assim que chegar. Logo ao entrar na igreja, faça o sinal da cruz e a genuflexão. Ela deve ser feita também sempre que você passar pelo sacrário.
  • Faça a reverência ao passar em frente ao altar. Isso também demonstra respeito por Cristo, já que é no altar que a cada Missa se renova o sacrifício de Jesus.
  • Mantenha o celular desligado. Assim, não corre o risco de o aparelho tocar durante a celebração ou de você querer dar aquela espiadinha nas mensagens de texto.
  • Na proclamação do Evangelho, faça apenas três cruzes pequenas (na testa, nos lábios e no peito). Há quem faça também o sinal da cruz, mas isto não é correto.
  • Permaneça sentado durante a apresentação dos dons, mesmo quando o padre levanta o cálice e a hóstia. Algumas pessoas tendem a se levantar neste momento, pois confundem com a consagração.
  • Durante a invocação do Espírito Santo, ajoelhe-se apenas quando o padre cita o Corpo e o Sangue: “Por isso, nós vos suplicamos: santificai pelo Espírito Santo as oferendas que vos apresentamos para serem consagradas, a fim de que se tornem o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que nos mandou celebrar esse mistério”. Não é correto ajoelhar-se logo após o Santo. Há igrejas que fazem soar uma sineta para indicar o momento de ajoelhar-se.
  • Ajoelhe-se durante a Consagração. Se você não puder, permaneça de pé. Só é facultado sentar àqueles que têm problemas de saúde.
  • A doxologia final é reservada ao padre. Muita gente acaba falando “Por Cristo, com Cristo e em Cristo…”, mas a comunidade deve dizer somente “Amém”.
  • Dê a paz somente àqueles que estão próximos a você. Não saia do seu lugar para cumprimentar outras pessoas, mesmo que sejam parentes ou pessoas muito queridas. Se você ficar andando pela igreja, atrapalha os outros fiéis e acaba perdendo momentos importantes da celebração.
  • Só comungue se você estiver apto a isso. Quem está em pecado grave ou que não tenha respeitado o jejum eucarístico não deve receber a Eucaristia.
  • Só vá embora depois da saída do sacerdote.  Não é respeitoso deixarmos a Igreja antes do sacerdote sair do altar.  Tem ainda os que acham que sair cinco minutinhos mais cedo não tem problema. Mas, assim como chegar atrasado, isto não está correto já que é necessário participar de toda a Missa. Além disso, você ainda perde a benção final, que nos enche de motivação para sermos sal e luz.