Por que a Campanha da Fraternidade acontece na Quaresma?

Iniciada em 1962 em Natal, no Rio Grande do Norte, e posteriormente estendida a todo o país, a Campanha da Fraternidade busca despertar a solidariedade dos brasileiros em relação a algum problema real da sociedade do país. Mas você sabe por que ela acontece sempre na Quaresma?

Desde a sua primeira edição, a Campanha da Fraternidade é uma ação de evangelização que promove o debate e a conscientização e busca soluções concretas para os problemas apontados pelo tema proposto. A escolha pela Quaresma busca conciliar a proposta da CF com o espírito de conversão deste período, em que somos chamados a praticar a oração, a esmola e o jejum e que favorece a prática da reflexão, da mudança e da caridade. A ideia é que a Campanha seja uma possibilidade prática de viver o amor e aprofundar a fraternidade, seguindo o exemplo de Jesus Cristo.

Este ano, o tema escolhido pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) é “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema, “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27). Nesta edição, a Igreja busca chamar a atenção dos cristãos para as políticas, ações e programas desenvolvidos pelos governos para promover o bem-estar dos brasileiros, conforme o que está previsto na Constituição Federal e nas demais leis, sempre à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Católica. A CNBB pretende incentivar a participação dos cidadãos na formulação e controle das políticas públicas a fim de melhorar a qualidade dos serviços prestados à população.

Junte-se à sua comunidade na execução de atividades ligadas à Campanha da Fraternidade e faça dela um gesto concreto na sua Quaresma!