Como superar a inveja?

Quem nunca sentiu inveja que atire a primeira pedra. Embora seja um sentimento tipicamente humano, ela é extremamente negativa e prejudicial. Por que será que nos ressentimentos do sucesso dos outros, como se as conquistas alheias fossem sinônimos do nosso próprio fracasso pessoal? E como devemos fazer para superar esta emoção tão maléfica?

A inveja é decorrente da tendência que costumamos ter de nos compararmos aos outros: “ele tem e eu não tenho”, “ela consegue fazer e eu não”. Muito comum na sociedade moderna, com seus modelos ideais de comportamento, consumo e forma física, em geral, está associada à baixa autoestima.

Mas quem padece com a inveja está se esquecendo de duas coisas muito importantes. Você é o que Deus quer que você seja e você tem o que Deus acha que você deve ter. Portanto, ninguém deve se preocupar com o que os outros acham certo. Tudo na sua vida é fruto da graça divina e, portanto, deve ser celebrado e valorizado!

Valorize-se: Deus ama você!

O fortalecimento da autoestima é um ótimo antídoto contra a inveja. Pense em tudo o que o Senhor faz por você: sua família, seus amigos, seu trabalho, seu lar, seus bens materiais. Perceba que mesmo as dificuldades Ele coloca em seu caminho para que você possa amadurecer e crescer espiritualmente. Nosso valor está não no que temos, mas no que somos e Deus nos ama exatamente assim.

Exerça a empatia

Comemore o sucesso dos outros. Em vez de se entristecer pelo fato de outra pessoa ter conquistado algo que você ainda não conseguiu, contemple o êxito, busque entender o que ela fez e como se preparou para alcançar o feito e aprenda com o seu exemplo! Isso fará você mais forte e mais preparado para correr atrás dos seus sonhos e projetos. Além disso, sentir gratidão verdadeira pelo bem dos outros nos aproxima do sentido do Reino de Deus. Alegre-se sempre pelos seus irmãos e divida com eles este júbilo. Seja um testemunho concreto do amor de Cristo!