Cinco dicas para crescer na vida de oração

A oração é algo fundamental na vida dos cristãos. A melhor forma de estar contato com Deus é através das nossas orações. E, estando em sintonia com Ele, vivemos bem. Mas, ainda nos dias atuais, muitas pessoas têm dúvidas de como podem crescer na vida de oração, como podem fazer para estar mais perto de Deus e, consequentemente, aumentar a sua fé. Preparamos algumas dicas para ajudar nesse processo.

Escolha um lugar

Inicialmente, escolha um lugar para orar, pode ser na sua casa, numa igreja. Este ambiente deve ser silencioso e onde ninguém te atrapalhe, pois isso pode prejudicar a sua concentração. É importante também que você se sinta à vontade neste local, para que possa conversar abertamente com Deus. Cada pessoa tem o seu cantinho especial, onde se sente bem e em paz. Encontre o seu!

Determine um horário

Assim que definir o local de oração, é preciso determinar um horário para se dedicar às suas orações. Claro, não precisa ser sempre no mesmo horário, mas é importante escolher uma hora tranquila do dia para que você não seja interrompido. Temos o costume de apenas rezar quando sentimos vontade, mas para se criar um hábito é preciso de disciplina, e estipular um horário vai ajudar bastante. Sem determinação não conseguimos alcançar nada na vida.

A quantidade de tempo é você que determinará, de acordo com os seus compromissos. Mas, lembre de quanto Deus é relevante para nós e trate esse ato como uma de suas prioridades. Se tiver pouco tempo, faça mesmo assim. E, aos poucos, vá aumentando esse tempo. Lembre-se sempre dos benefícios da oração e da importância de se dedicar de verdade.

Como começar?

Agora que você já escolheu o seu local e horário para fazer sua oração é o momento de iniciar. Comece rezando um Pai-Nosso, a oração que Deus nos ensinou. Depois uma Ave-Maria. E então inicie sua conversa com Deus. Cada um tem seu jeito particular de encaminhar sua oração, mas, o mais importante é nunca se esquecer de pedir perdão pelos seus pecados e agradecer por todas as graças que Deus nos dá.

Se você sentir dificuldade, uma alternativa é procurar uma ajuda. Converse com o padre, que poderá lhe orientar. Não se esqueça também de se confessar regularmente, pois longe do pecado a nossa reza fica mais fácil.

Persista

Conforme falamos anteriormente, sem determinação não chegamos a lugar nenhum. Não adianta rezar apenas um ou dois dias e depois não dar continuidade. Para ajudar a manter a constância, é aconselhável que esteja cada vez mais em contato com Deus. Estude e leia livros sobre a oração. Outra dica é participar de retiros, onde vivemos uma experiência de dedicação completa e prolongada. Há retiros de dois a três dias, alguns que duram oito dias e outros que vão até trinta dias. Escolha o que for mais adequado para você e o seu momento.

Não se esqueça de ouvir

Agora que já entendemos de que forma podemos conversar com Deus e a importância desse ato, precisamos lembrar que esse encontro precisa ser um diálogo. Além de falarmos, precisamos ouvir. Deus fala conosco a todo o momento, mas quando vivemos uma vida longe da oração, deixamos de perceber e captar as mensagens. Faça suas orações, converse com Deus e aprimore a sua sensibilidade para poder escutá-lo. Acredite, não é difícil! Você vai perceber que, quanto mais crescemos na vida de oração, mais passamos a ter contato com Deus e aí percebemos que Ele está sempre ao nosso lado. Esse é o caminho que nos levará para o céu.