Como se preparar para a confissão

Não há quem não cometa pecados, seja ele quem for. Por isso, a confissão é tão importante, pois assim recebermos o perdão de Deus. “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.”(Jo 1,9). Mas você sabe como se preparar para a confissão? Fizemos uma lista com as etapas para ajudar.

Primeiramente é importante destacar que todos os passos devem ser seguidos de forma honesta, com o coração aberto. Se não formos sinceros é sinal de que não estamos arrependidos e muito menos dispostos a mudar.

Para começar, é necessário preparar-se com uma oração, pedindo a Deus graça. A seguir, fazer um cuidadoso exame da sua consciência ao rezar; sobre os defeitos e as fraquezas em pensamentos, palavras, atos e omissões frente às exigências do Evangelho; a partir da última confissão feita sobre o que foi cometido. Porém, se você tem dificuldades, medo ou vergonha de se confessar, anote-o em um papel para ler ao padre.

O próximo passo é confessar ao sacerdote todos os pecados graves cometidos, segundo a espécie e a quantidade de vezes. Uma dica é confessar-se com frequência, pois isso ajuda para que nada seja esquecido. E, mesmo que os erros sejam significativos, revelar nossas falhas a Deus nos ajuda a receber o dom da graça, que dá força de estar no caminho de Cristo.

Por fim, após a confissão, o padre dará algumas orientações e a penitência, que servirá para que o fiel repare o mal; podendo ser uma oração, um gesto para que se retorne à dignidade perdida pelo pecado. E, se o padre não der a penitência, a confissão continuará sendo válida. Assim, depois de recebida a penitência e perdoado os pecados, tente viver uma vida perguntando-se como Jesus faria se estivesse em seu lugar.