Epifania: Jesus se manifesta para nós

Neste domingo, celebramos a Epifania do Senhor. A data, que fecha o ciclo litúrgico do Natal, comemora a manifestação de Jesus Cristo como o Messias que veio para salvar a humanidade. A primeira manifestação se dá aos reis magos, que, vindos de locais distantes e guiados por uma estrela, foram a Belém para adorá-lo.

Melquior, cujo nome quer dizer “meu Rei é luz”, levou ao menino-Deus ouro, que representa a realeza de Cristo. Gaspar, cujo nome quer dizer “aquele que vai confirmar”, ofereceu incenso, símbolo de Sua divindade. Já Baltazar, cujo nome quer dizer “Deus manifesta o Rei”, presenteou Jesus com mirra, simbolizando Sua humanidade.

Os três reis representam os povos de todo o mundo, que festejam a chegada de Deus feito homem na figura de Jesus. Eles vão ao encontro do Salvador cheios de humildade, a fim de prestar homenagem Àquele que realmente reinará para sempre. A luz da estrela que os guia só desapareceu quando eles encontraram o Menino recém-nascido – nossa verdadeira Luz, que vem para acabar com toda a escuridão do pecado.

Que a história dos Reis Magos desperte em nós a necessidade de sempre nos inquietarmos, de sairmos do conforto do nosso cotidiano para irmos ao encontro do Senhor, fazendo de nossas vidas verdadeiras ferramentas de amor e solidariedade.