Doando-se a Maria no primeiro sábado

Daqui a alguns dias começará o mês de janeiro, trazendo o frescor da esperança de um novo ano. Hoje proponho uma reflexão para começarmos 2021 lembrando da importância da devoção dos primeiros sábados, que é tão própria da espiritualidade de Nossa Senhora de Fátima.!–more–>

Qual deve ser, primordialmente, o nosso objetivo no primeiro sábado? A resposta não é óbvia para todos: o desagravo do Imaculado Coração de Maria. Isso significa que tudo aquilo que eu faço, meu terço, minha confissão, minha comunhão e os 15 minutos que faço de companhia a Nossa Senhora meditando um dos mistérios do terço é em desagravo a Ela.

É claro que o coração humano carrega sempre um pedido, uma dor ou um desejo para apresentar à Mãe de Deus no momento do primeiro sábado. A todo o tempo, nossa mente e o nosso coração nos empurram a lembrar-nos de nós mesmos, das nossas necessidades e dos nossos problemas. Mas que tal, neste dia, tentar concentrar-se no objetivo único de desagravar a Virgem Santíssima? Que tal deixar de lado, por um dia, os seus medos e os seus problemas para colocar todo o seu amor no coração de Maria?

O primeiro sábado é o único dia que tiramos do mês todo para dizer a Nossa Senhora: “Mãe, hoje eu não sou aquele que precisa de carinho, mas aquele que deseja entregar a você o meu carinho”. Isso é um valiosíssimo ato de fé! Esquecer-se de si por um único dia, esquecer-se de suas tristezas e debilidades para desagravar à Nossa Senhora é um salto de fé, que não deixará de ser reconhecido por Deus!

Concentre-se na Mãe Santíssima, em suas dores e na causa delas, pense em como amenizá-las. Direcione seu amor e sua disponibilidade para suavizar o sofrimento de Maria, cujo coração é sempre tão maltratado.