Ano de São José. O que é e o que fazer para receber a indulgência plenária.

Para celebrar os 150 anos da proclamação de São José como patrono da Igreja, decretada por São Pio X através do Decreto Quemadmodum Deus em 08 de dezembro de 1870, o papa Francisco publicou a Carta Patres Corde (Coração de Pai), determinando a celebração do Ano especial de São José, que irá do dia 08 de dezembro de 2020 até 8 de dezembro de 2021. Você sabe o que é e qual o objetivo dessa celebração?

Este ano de São José busca reforçar a confiança dos fiéis naquele que se tornou pai adotivo do Menino-Deus. O exemplo de São José, que plenamente confiou no Senhor e aceitou a missão de criar Jesus, deve nos inspirar, para que possamos nos entregar à vontade de Deus e aos planos d’Ele para nós.

O decreto do papa Francisco estende a todo o ano de São José o benefício da indulgência plenária. Para isso, o fiel deve, primeiramente, cumprir uma das condições obrigatórias para obtê-la:

confessar-se, para estar livre do pecado;
receber a Sagrada Comunhão;
rezar pelo Santo Padre e pelas suas intenções de oração.

Além disso, é preciso cumprir ao menos uma das seguintes obras:

meditar durante pelo menos 30 minutos sobre a oração do Pai-Nosso ou fazer um dia de retiro espiritual que inclua ao menos uma meditação sobre São José;
realizar uma obra de misericórdia – seja corporal ou espiritual;
recitar o Sacratíssimo Rosário em família ou entre noivos;
oferecer diariamente o seu trabalho à proteção de São José;
rezar a Ladainha de São José, Akathistos (inteira ou uma parte dela) ou qualquer oração litúrgica em favor da Igreja perseguida interna ou externamente e pelos cristãos perseguidos;
fazer qualquer oração a São José aprovada pela Igreja, como “A te Beate Joseph”, especialmente nos dias 19 de março, 1º de maio, Festa da Sagrada Família, Domingos de São José, no dia 19 de cada mês e às quartas-feira, dia da semana dedicado à memória do santo, segundo o rito latino.

Idosos e pessoas enfermas, que não podem sair de casa para cumprir as três condições obrigatórias para indulgência plenária, se tiverem se arrependido de seus pecados e assumido a intenção de cumprir as condições de costume assim que possível, podem rezar a São José pelos doentes e agonizantes, oferecendo a Deus suas próprias dores e sofrimentos.

Que São José interceda por todos nós!!!