5 dicas para alcançar o equilíbrio

Às vezes, a vida da gente está uma loucura: excesso de trabalho, crianças pequenas para cuidar, problemas da casa, pais idosos precisando de atenção… Há dias em que parece impossível manter-se na corda bamba sem cair. A busca pelo equilíbrio é um desafio e tanto e, por isso, separamos algumas dicas para te ajudar.

1. Lembre-se de que o equilíbrio é uma virtude

Também conhecida como temperança, essa virtude cardeal nos permite “colocar ordem na casa”, dominando nossos instintos e vontades e dando o peso adequado para cada coisa. E, sendo uma virtude, ela pode ser exercitada, enraizando em nós hábitos saudáveis.

2. Reze todos os dias

Às vezes, nós não encontramos sozinhos o caminho, mas Deus sempre sabe qual é a melhor saída. Faça da oração um hábito diário, um momento no qual o silêncio possa tomar conta, para que você coloque as ideias no lugar, ouça o seu próprio coração e se permita escutar a voz do Pai.

3. Defina prioridades

O tempo é finito e não temos como fazer, em 24 horas, tudo o que gostaríamos. Por isso, é preciso definir prioridades. Escolha aquilo que é mais importante para você naquele momento e estabeleça quanto tempo pode se dedicar a cada atividade. Será que limpar a casa é mais importante do que passar meia hora brincando com os filhos? Será que você realmente precisa fazer uma hora de ginástica todos os dias ou pode aproveitar parte deste tempo para visitar os pais ou alguns amigos?

4. Aproveite pequenos momentos para resolver problemas

Com a tecnologia, hoje é possível aproveitar pequenos intervalos para resolver diversas coisas. Aproveite enquanto está no ônibus, indo ou vindo do trabalho, para fazer compras on-line, agendar consultas médicas, pesquisar a receita do jantar etc. Assim, quando chegar em casa, você estará livre para fazer outras coisas, especialmente ficar com a sua família.

5. Equilibre trabalho e lazer

Trabalhar é importante, mas descansar também. É preciso ganhar o pão honestamente, mas nosso corpo também precisa de uma pausa para renovar as energias. Então, avalie se em vez de labutar 15 horas por dia você não pode abrir mão de um pouco da sua renda para ter algumas horas dedicadas ao que te dá prazer, como sair com sua esposa ou seu marido, ler um bom livro, assistir a uma série na TV, bater um bom papo com um amigo ao telefone…